Trailer

O cabeçalho de resposta Trailer permite o remetente incluir campos adicionais ao final de mensagens fragmentadas visando prover metadados que podem ser dinamicamente gerados enquanto o corpo da mensagem é enviado, como a mensagem de checagem de integridade, assinatura digital, ou status de pós-processamento.

O cabeçalho de requisição TE precisa ser colocado como "trailers" para permitir campos de reboque (trailers).

Tipo de cabeçalho Response header
Forbidden header name sim

Sintaxe

Trailer: header-names

Diretivas

header-names
Cabeçalhos HTTP que estarão presentes na parte de reboque das mensagens fragmentadas. Estes campos de cabeçalhos não estão permitidos:

Exemplos

Codificação de transferência fragmentada usando cabeçalho de reboque

Neste exemplo, o cabeçalho Expires é usado no fim da mensagem fragmentada e serve como cabeçalho de reboque.

HTTP/1.1 200 OK
Content-Type: text/plain
Transfer-Encoding: chunked
Trailer: Expires

7\r\n
Mozilla\r\n
9\r\n
Developer\r\n
7\r\n
Network\r\n
0\r\n
Expires: Wed, 21 Oct 2015 07:28:00 GMT\r\n
\r\n

Especificações

Especificação Título
RFC 7230, sessão 4.4: Trailer Hypertext Transfer Protocol (HTTP/1.1): Message Syntax and Routing
RFC 7230, sessão 4.1.2: Chunked trailer part Hypertext Transfer Protocol (HTTP/1.1): Message Syntax and Routing

Compatibilidade de navegador

BCD tables only load in the browser

Veja também