Math.atan()

A função Math.atan() retorna a arco tangente (em radianos) de um número, onde

Math.atan(x)=arctan(x)= the unique y[-π2;π2]such thattan(y)=x\mathtt{\operatorname{Math.atan}(x)} = \arctan(x) = \text{ the unique } \; y \in \left[-\frac{\pi}{2}; \frac{\pi}{2}\right] \, \text{such that} \; \tan(y) = x

Sintaxe

Math.atan(x)

Parâmetros

x
Um número.

Valor retornado

O arco tangente (em radianos) do parâmetro recebido.

Descrição

O método Math.atan() retorna um valor numérico entre -π2-\frac{\pi}{2} e π2\frac{\pi}{2} radianos.

Por atan() ser um método estático de Math, deve-se sempre usá-lo como Math.atan(), e não como um método de um objeto Math que você criou.

Exemplos

Usando Math.atan()

Math.atan(1);   // 0.7853981633974483
Math.atan(0);   // 0
Math.atan(-0);  // -0

Math.atan(Infinity);   //  1.5707963267948966
Math.atan(-Infinity);  // -1.5707963267948966

// The angle that the line [(0,0);(x,y)] forms with the x-axis in a Cartesian coordinate system
Math.atan(y / x);

Talvez você queira evitar usar ±Infinity por motivos estéticos. Nesse caso, Math.atan2() com 0 como segundo parâmentro pode ser uma solução melhor.

Especificações

Compatibilidade nos navegadores

BCD tables only load in the browser

Veja também